• R. Elísio Gonçalves, 120 - Triângulo, Juazeiro do Norte - CE
  • (88) 99644-2023

Nossos Serviços

Ultrassonografia

Ultrassom Comum

A ultrassonografia ou ecografia, é um exame de imagem, que utiliza um transdutor, o aparelho que encosta na pele, ele emite e capta ondas sonoras por meio do contato dele no corpo humano. 

Com base na captação dessas ondas as imagens são formadas e enviadas para o monitor onde o médico pode fazer a investigação necessária.

Ela é indolor e não utiliza radiação, por isso que é principalmente usada em gestantes, seja para o acompanhamento pré-natal ou para diagnosticar males em recém-nascidos. 

Porém, a finalidade da ultrassonografia vai além, é possível visualizar em tempo real qualquer órgão ou tecido do corpo, devido às variações de seus componentes e densidades nas estruturas.

Ela utilizada para analisar lesões ortopédicas em tecidos moles como cartilagem e ligamentos, pode ser utilizada para analisar o útero,ovários e colo uterino por meio do exame ultrassom transvaginal.

Utilizada para detectar apendicite,cálculos na vesícula e rins, doenças na tireóide,fígado e vasos sanguíneos. 

 

Ultrassom com Doppler

A ultrassonografia Doppler também é baseada na captura de sons, mas de uma forma diferente que além de poder ser visualizada em cores, elas permitem analisar o fluxo sanguíneo. 

Quem descobriu essa forma de analisar ondas sonoras foi o físico Johann Christian Andreas Doppler. 

Ele encontrou uma diferença entre a frequência das ondas percebidas por um observador conforme a sua posição. Se estiver perto do observador as ondas têm um comportamento e quanto mais longe elas mudam. 

Para entender melhor, basta imaginar uma sirene de uma viatura da polícia ou ambulância. Se você estiver longe ela tem uma sonoridade, quanto mais perto de você o som vai mudando.

O método é indolor, prático e seguro. Diferentemente de outros tipos de exames de imagem, não utiliza radiação e também não gera efeitos colaterais no paciente. A realização desse tipo de ultrassom deve ser feita a pedido do médico, responsável por avaliar qual o melhor método para cada caso.

  • Abdomen Total

    A ultrassom abdominal  permite analisar artérias e veias do abdômen, assim como órgãos como vesícula biliar, rins, pâncreas, fígado, baço e bexiga.

    Pode ser solicitada quando médico suspeita de doenças na região do abdômen.

    Será colocado um gel incolor a base de água no abdômen, e com o dispositivo chamado transdutor ele moverá pela região onde se quer obter as imagens. 

    Ultrassom Abdominal Total Com Doppler

    A ultrassom Dopple é muito similar a Ultrassom Convencional. A diferença entre as duas é a possibilidade de visualizar o fluxo sanguinio no orgão que esta sendo examinado. Isso em tempo real

    O doppler capta as ondas sonoras que são emitidas nos tecidos internos e orgãos gerando assim as imagens

  • Abdomen Superior Ou Vias Biliares

    Esse tipo de ultrassonografia busca fazer o diagnóstico, avaliação e caracterização das alterações do fígado, pâncreas,vesícula biliar,vias biliares,baço, rins, aorta e veia cava inferior. 

    É necessário realizar jejum antes da ultrassom.

    • até 2 anos de idade: jejum de 3 horas;
    • de 2 a 5 anos de idade: jejum de 4 horas;
    • de 5 a 12 anos de idade: jejum de 6 horas;
    • acima de 12 anos: jejum de 8 horas;

     A ingestão de medicamentos é permitida desde que seja feita com água.

    Ultrassom do Abdomem Superiro ou Vias Bilares utilizando Doppler.

    A ultrassonogragia utilizando doppler permite anilisar o movimento e circulação sanguinia no fígado, pâncreas,vesícula biliar,vias biliares,baço, rins, aorta e veia cava inferior.

    E necessario estar em jejum para realização da ultrassonografia, com as mesmas regras citadas acima

  • Rins E Vias Urinárias

    Serve para avaliação não invasiva de alguns órgãos, como rins,prostitutas, bexiga, ureteres e uretra. 

    Com esse tipo de ultrassonografia é possível diagnosticar alterações no aparelho urinário.

    • Alterações no tamanho ou estrutura renal;
    • Cálculos renais, também conhecidos como pedra nos rins;
    • Identificar pedras, cistos ou obstruções nos rins;
    • Insuficiência renal;
    • Doença policística renal (excesso de cistos);
    • Alterações na parede da bexiga;
    • Infecção urinária.
    • Órgãos reduzidos;

    Ultrassom Rins e Vias Urinarias Com Doppler

    O paciente deve estar em jejum total no minimo 6 horas antes de iniciar o exame, não deve tomar agua e nem bebidas alcolicas. Reter a urina por minio 2 horas antes de fazer a ultrassom.

    Ultrassom Rins e Vias Urinárias Com Doppler

    O paciente deve estar em jejum total no mínimo 6 horas antes de iniciar o exame, não deve tomar água e nem bebidas alcoólicas. Reter a urina por mínimo 2 horas antes de fazer o ultrassom. 

    Medicamentos de uso contínuo devem ser mantidos, e também é preciso levar exames de imagens anteriores.

    Ultrassom Rins e Vias Urinárias Simples

    Beber de 2 a 5 copos de água 2 horas antes do exame e reter a urina. Em crianças até 7 anos não é necessário gestão de grandes quantidades de água, a partir de 15 anos  beber no mínimo 4 copos.

  • Próstata

    A ultrassom pode ser desconfortável, ainda mais se o paciente tiver hemorroidas ou fissuras anais, nesses casos é aplicado um anestésico local para diminuir o desconforto. 

    O médico pode recomendar o uso de laxante ou aplicação de enema (lavagem). O mais comum é aplicação de enema com água ou uma solução própria, cerca de 3 horas antes do exame, isso é necessário para melhorar a visualização. 

    Recomendado 1 hora antes ingerir 6 copos de agua e reter a urina. Pois é necessario que a bixiga esteja chehia para fazer a ultrassom

    Em seguida, é feita a inserção de uma sonda no reto do homem, já que a próstata fica localizada entre o reto e a bexiga.

  • Obstétrica Abdominal

    Esse tipo de ultrassonografia é realizado em gestantes de qualquer fase da gestação, que fornece em  3d. A ultrassonografia não emite radiação ionizante, sendo totalmente segura em gestantes.

    É recomendável ter se alimentado 30 a 60 minutos antes da hora do exame, pois o feto fica mais ativo e facilita a visualização.

    Ultrassonografia Obstétrica com Doppler 

    O objetivo dessa ultrassonografia é avaliar a circulação sanguínea do feto, assim como também avaliar a anatomia,posição do feto, quantidade de líquido amniótico e detalhes da placenta.

    Geralmente esse exame é realizado na segunda metade da gravidez.

  • Obstétrica Transvaginal

    Esse tipo de ultra sonografia tem como objetivo avaliar ou detectar precocemente a gestação e seus detalhes como :

    • idade gestacional .
    • alterações anatômicas do útero .
    • diagnóstico da gravidez múltipla .
    • avaliação placentária . 
    • viabilidade embrionária . 
    • cicatrizes uterinas . 
    • diagnóstico da gravidez múltipla 
    • implantação embrionária.

    Esse exame deve ser realizado somente em mulheres que já tiveram relação sexual. O procedimento é indolor. 

    Para realizar o exame ultra sonografia transvaginal, a paciente deverá ficar em posição ginecológica, deitada em uma maca com as pernas afastadas e o joelho levemente dobrado.

    O médico insere um transdutor com preservativo e lubrificante no canal vaginal, para que facilite a passagem no equipamento, que deverá permanecer de 10 a 15 minutos no canal, podendo se mover para resultar em melhores imagens.

  • Obstétrica Morfológica Do 1 Ou 2 Trimestre

    O Morfológico do 1° Trimestre

    Esse exame é realizado entre 11 a 14 semanas e é o primeiro exame que avalia o desenvolvimento do bebê.

    Através dele é possível diagnosticar anomalias fetais graves como anencefalia e gêmeos coligados.

    Neste exame também é avaliado a translucência nucal, o osso nasal e o ducto venoso – marcadores que quando alterados aumentam o risco de doenças cromossômicas, como Síndrome de Down.

    O cálculo do risco de doença cromossômica só é possível de ser realizado por meio desta ultrassonografia.

    Ultrassom Morfológico do 2° Trimestre

    Deve ser realizado entre 18 a 24 semanas e avalia a formação e o desenvolvimento dos órgãos e das estruturas do bebê.

    Ele observa o crânio, as estruturas do cérebro, a coluna, a face, o coração, o estômago, os rins, o fígado, a bexiga, a genitália externa, os braços, as mãos, as pernas, os pés, e avalia o líquido amniótico.

    O Ultrassom Morfológico do 2° Trimestre possibilita ainda detectar pequenas e grandes malformações fetais e avaliar se o bebê esta se desenvolvendo adequadamente.

     

     

  • Obstétrica Com Doppler

    O ultrassom obstétrica com doppler, ou como tambem é conhecida por doppler fetal,  serve para avaliar os vasos sanguíneos e a velocidade do fluxo de sangue do cordão umbilical e da placenta para o feto, observando se há alguma alteração nesse fluxo sanguíneo, além da oxigenação e batimentos cardíacos do feto.

  • Pélvica Ou Abdomen Inferior Feminino

    Por meio da ultrassonografia pélvica, que é uma tecnica não invasiva, o medico por diagnosticar possíveis alterações no útero como miomas, pólipos, má formações, alterações endometriais.

    Nos ovários, é possível ver cistos, endometriomas e outros tumores, além de permitir a avaliação da reserva folicular através da contagem de folículos antrais. Nas tubas uterinas, permite identificar a possível existência de líquido (hidrossalpinge).

    Em algumas situações, ajuda na suspeita de endometriose pélvica.

    O exame é realizado de duas formas: endovaginal, pela vagina, chamada transvaginal ou pelo abdome, chamada ultrassonografia abdominal.

    Ultrassom Pelvica com Doppler

    Ultrassonografia Transvaginal com Doppler permite avaliar melhor a circulação e movimentação do útero, ovários, e por meio do doppler pesquisa a vascularização desses órgãos, de possíveis lesões existentes (cistos, miomas e pólipos), com o objetivo de melhor caracterização das patologias.

    O exame é efetuado por meio de um aparelho chamado ecógrafo. Este aparelho emite um som de alta frequência, por meio de uma sonda, e, de acordo com as respostas dos ecos recebidos por um transdutor, pode-se saber mais sobre os órgãos analisados.

    Nenhuma delas requer uso de qualquer tipo de sedação ou anestesia.

  • Mamas

    A ultrassom das mamas fornece imagens para os médicos para avaliar,diagnosticar e visualizar

    • lesões da mama;
    • distinguir cistos de nódulos sólidos;
    • verificar o estado de próteses mamárias;
    • promover mais informações sobre os nódulos.
    • avaliar a estrutura glandular e possíveis distúrbios e infecções

    O ultrassom não utiliza radiação e por isso apresenta menor risco para gestantes. As imagens da ultrassonografia podem auxiliar na detecção do câncer de mama. especialmente em pacientes jovens ou adicionar informações sobre lesões inconclusivas na mamografia.

  • Axilas

    A ultrassonografia da axilas geralmente é feita em conjunto com a ultrassom das mamas, pois é uma região que também pode se encontrar indícios que podem levar ao câncer de mama. 

    Por isso é importante fazer as duas ultrassonografias juntas, é indolor e não invasivo. 

  • Tireóide

    A tireoide é uma glândula localizada no pescoço e tem como objetivo regular funções de órgãos importantes como o coração, o cérebro, o fígado e os rins.Ela produz os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina). 

    E quando há indícios que há alguma alteração nessa glândula, o médico pede a ultrassom dessa região para avaliar e diagnosticar essas possíveis alterações. 

    Ultrassom Tireoide com Doppler 

    Quando utilizada a ultrassonografia com doppler é para analisar a vascularização da região, assim como possíveis movimentações. 

  • Região Cervical

    A ultrassonografia da região cervical é um exame de diagnóstico por imagem realizada com o paciente deitado, com a cabeça hiperestendida (esticada para trás). Colocamos o gel na região do pescoço para avaliação.

    Na ultrassonografia da região cervical o médico, radiologista ou ultrassonografista, avalia as estruturas desta região, como a pele, os planos musculares, as glândulas salivares (composta pelas glândulas submentonianas, submandibulares e parótidas) e as cadeias linfonodais, popularmente conhecido como ínguas.

    Ultrassom Cervical Com Doppler

    Com o doppler é possivel obter informações sobre a região cervical (tireóide, glândulas salivares e cadeias linfonodais cervicais) e principalmente o fluxo sanguíneo e movimentações

  • Glândulas Salivares

    A Ultrassonografia de Glândulas Salivares possibilita a avaliação dos lobos superficiais da parótida e submandibular, permitindo também boa distinção entre massas intra ou extra-glandulares. O exame pode ser solicitado quando há sinais e sintomas, como dor, alterações do paladar, boca seca (xerostomia).

    Glandulas Salivares Com Doppler

    A ultrassonografia das glândulas salivares com Doppler, permite ao médico diagnosticar possíveis nódulos nas glândulas salivares, sinais de inflamação e obstrução dos seus ductos.

    Um dos principais objetivos do Doppler é analisar a vascularização que pode ser importante para determinar a presença de inflamação e dos tipos de nódulos.

  • Articulações

    O objetivo da ultrassom articular é um procedimento não invasivo que não se utiliza radiação, tem como objetivo diagnosticar e analisar as articulações e possíveis doenças ou lesões como:

    • tumores de tecidos moles;
    • entorses de ligamentares;
    • alterações da artrite reumatoide;
    • fluidos nos tendões;
    • tendinites;
    • torção do pescoço;
    • massas de tecido mole.
    • hérnias;
    • inflamação ou líquido em bursas e articulações;
    • líquido em uma articulação do quadril;
    • corpos estranhos em tecidos moles;
    • cistos ganglionares;
    • luxações de quadril;
    • síndrome do túnel do carpo;

    Essas doenças e lesões podem acometer articulações como ombro,cotovelo, punho, mão, quadril, joelho, tornozelo, pé.

  • Partes Moles

    A ultrassonografia dos tecidos moles é um exame que serve para avaliar os tecidos superficiais, como a pele e a gordura subcutânea. O exame pode ser realizado em qualquer região da superfície corporal, como por exemplo: membros inferiores (pernas)

     

    • abdômen
    • tornozelo
    • membros superiores (braços)
    • ombro mão
    • joelho
    • cabeça
    • virilha
    • pescoço
    • tórax
    • cotovelo

    O objetivo é diagnosticar doenças ou lesões como

    • Um “caroço”, que pode ser um cisto simples, um cisto sebáceo, um lipoma (nódulo de gordura) ou um tumor;
    • Um abscesso, podendo auxiliar na indicação de drenagem; e Presença de hematoma (sangue acumulado após trauma).
  • Testículos Bolsa Escrotal

    A Ultrassonografia de Bolsa Escrotal, é um exame não invasivo que busca investigar possíveis alterações na Bolsa Escrotal como :

     

    • hidroceles (coleção líquida ao redor do testículo);
    • cistos ou tumores do epidídimo;
    • hérnias inguino-escrotais;
    • orqui-epididimite (inflamação);
    • edemas e hematomas pós-trauma;
    • câncer testicular;
    • hidrocele;
    • inflamações ou infecções escrotais;
    • hematomas;
    • varicocele;
    • hemorragias intratumorais;
    • torção testicular;
    • hematomas e rupturas testiculares pós-trauma;

    Ultrassonografia de Bolsa Escrotal com Doppler

    A Ultrassom utilizando doppler é utilizado para avaliação do fluxo sanguíneo dos testículos, epidídimos e parede da bolsa escrotal. Pode ser mostrado de várias formas: com som audível, com espectro de cores dentro dos vasos ou na forma de gráficos que permitem a mensuração da velocidade do sangue.

  • Região Inguinal

    A ultrassonografia da região inguinal é indicada quando há suspeita de uma hérnia inguinal, que consiste em uma protrusão de uma alça do intestino através de um orifício que se formou na parede abdominal na região da virilha.

    A ultrassonografia da região inguinal é um exame de diagnóstico por imagem realizado com o paciente deitado e com a região da virilha despida.

    Este exame é acessível, rápido, não invasivo e seguro (não utiliza nenhum tipo de radiação), não apresenta efeitos colaterais e é indolor.

  • Parede Abdominal

    A ultrassonografia da parede abdominal é um exame de diagnóstico por imagem que permite avaliar a parede do abdome (os músculos da barriga), sendo realizada com o paciente deitado e com os braços posicionados para trás.

    Este exame é acessível, rápido, não invasivo e seguro (não utiliza nenhum tipo de radiação), não apresenta efeitos colaterais e é indolor.

    Esse exame é realizado quando há

    • suspeita de hérnias, que consiste na saída do intestino ou gordura visceral por uma abertura ou área de fraqueza na parede abdominal (músculo da barriga);
    • presença de caroço ou nódulo na superfície da região abdominal.
  • Doppler De Arteria Renais

    Ultrassom Doppler das Artérias Renais, tem como objetivo avaliar a porção da artéria aorta abdominal e artérias renais, na detecção de aterosclerose e hipertensão renal.

  • Doppler De Artérias Carótidas E Vertebrais

    Ultrassom com Doppler de Carótidas e Vertebrais é exame realizado para a avaliação das artérias carótidas e vertebrais de forma não invasiva. Permite ao médico analisar a anatomia (incluindo a presença de placas de gordura na parede dos vasos) e o comportamento do fluxo sanguíneo.

  • Doppler Venoso De Membros Inferiores

    É um exame utilizado principalmente para investigar a causa de inchaços e dores persistentes nas pernas, comumente associados às varizes. A principal preocupação nesses casos é a formação de coágulos nas veias, inclusive com risco de vida.

    Esse tipo de ultrasonografia tambem avalia todo o sistema vascular da região das pernas e identificar outras doenças.

  • Doppler Arterial De Membros Inferiores

    A ultrassonografia de doppler arterial de membros inferiores, é um procedimento indolor e não invasivo, no qual há a passagem de um transdutor sobre a região a ser sondada.

    Esse procedimento visa examinar a circulação da artéria que vai das pernas, abrangendo toda sua extensão, desde a virilha até o pé. Dessa forma, é possível medir o fluxo sanguíneo e realizar um diagnóstico adequado.

  • Doppler De Aorta E Iliacas

    É um exame indolor que não utiliza radiação, onde se avalia a aorta e as artérias ilíacas e fluxo sanguíneo.

    Este exame é indicado, principalmente, na avaliação dos aneurismas de aorta, que são dilatações na parede aórtica, assintomáticos e normalmente relacionados à aterosclerose, fumo e doenças cardíacas.

AGENDAR CONSULTA OU EXAMEAGENDAR